Ajuda SP Centro
Portal de Notícias e artigos de Utilidade Pública. Exerça sua cidadania, participe mostrando para o Poder Público que o povo tem voz.

A DOMINAÇÃO CARISMÁTICA PROMOVIDA PELAS ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS

0 390

De forma astuciosa, lenta e bem eficiente eles estão tomando conta das mentes e territórios, a democracia está cada vez mais deturpada, trata-se da inversão de valores que, estrategicamente, vem sendo implantada por intermédio das organizações criminosas.

Tudo é considerado manifestação cultural, diversidade e direito de opinião, em contrapartida os índices de violência não diminuem e os cenários são cada vez mais lastimáveis, as drogas ilícitas são as referências para os jovens fazerem parte de um grupo de destaque.

O tráfico de drogas é uma atividade administrada por facções criminosas, mas o problema não está apenas no vício que é propagado ou no crime praticado, o maior mal está na origem dos administradores e suas ideologias, a julgar pelo fato de que possuem pretensões de tomar o lugar do Estado, são bandidos fazendo oposição a tudo que foi construído com a voz do povo para impor vontades estranhas ao que conhecemos como lícito e moral.

O crime organizado teve origem dentro dos presídios com a união de presos comuns a presos políticos, razão pela qual atualmente os bandidos do alto escalão possuem uma habilidade que tem garantido a ascensão das suas atividades e, indiretamente, o apoio popular. O discurso politicamente correto, populista e empático tem feito a cabeça de muitas pessoas e originado a rebeldia, insatisfação e, o mais preocupante, a apologia ao exercício arbitrário das próprias razões e oposição as forças policiais. É a formação de uma tropa favorável ao fim dos interesses públicos para favorecer o interesse marginal e egoístico!

Cigarros de maconha, motos sem placas sendo usadas para praticar direção perigosa, menosprezo pela Língua Portuguesa, descaso com a vida escolar, desconsideração pela força de trabalho, apologia ao crime que são ostentadas através de músicas vulgares, tatuagens e discursos que se transformaram em códigos de grupos que, explicitamente, declararam suas paixões por facções, o Brasil está perdendo sua juventude para bandidos que investiram na dominação carismática.

Até placas proibindo manobras perigosas com motos eles colocam em comunidades e os infratores são punidos com surra (notícia de grande repercussão no fim do ano de 2021).

Legalização das drogas tem sido tema de muitos debates, não faltam argumentos jurídicos e científicos, mas quem são os interessados?
Há evidências de que o poder paralelo, além de fazer oposição a democracia, também investe nela, tendo em vista que no ano de 2016 um candidato do PRB venceu a eleição para o cargo de prefeito em Embú das Artes no primeiro turno, com 79,4% dos votos, mesmo já tendo sido preso por roubo de malotes de uma empresa de valores e ser investigado por estar envolvido com uma facção criminosa.
O irmão do chefe do comando vermelho, “Cidinho”, em certa oportunidade, apesar de não ter sido eleito deputado federal, obteve oito mil votos!

Uma criança, “MC Zóio de Gato” obteve muito prestígio por compor e cantar um Funk homenageando uma facção criminosa, na música “Primeiro Comando” afronta o Estado e enaltece os ataques que ocorreram em São Paulo e vitimou dezenas de policiais no ano de 2006, inclusive na música está contida uma homenagem aos que estão presos e cita como causa nobre a razão de estarem cumprindo pena.

Drogas, apologia ao crime, perturbação do sossego e inúmeros veículos roubados é o que há nos bailes funk´s, eventos em que a presença da polícia é proibida pelos frequentadores, mas em 2013 o prefeito Fernando Haddad vetou o projeto de lei 02/2013 que proibia a utilização de vias públicas realização de bailes funk´s, sob a alegação de que os tais eventos são legítimas manifestações culturais. No Rio de Janeiro o evento foi legitimado como manifestação cultural através da lei 5543/2009, portanto a “voz do crime” tem fundamentação e a sociedade sendo destinada a ruína.

Não faltam “intelectuais de laboratório” para afirmar que precisamos romper a dominação do Estado, mas o que dizer da dominação efetivada pelo crime organizado?

Pessoas adoecidas pelo vício, idiotizadas, sem parâmetros morais ou projeções para o futuro, escravos das drogas e da desinformação, muitos são vitimados pelo próprio tribunal do qual tanto prestaram considerações e reverências.

Tribunal do Crime, perturbação do sossego público, roubos de motos, vítimas do vício, gravidez prematura, analfabetismo funcional e ociosidade, temas que os intelectuais que falam em manifestação cultural evitam discutir.

Para encerrar, uma breve reflexão a respeito das palavras do Dr. Enéias Carneiro:

A Nação Brasileira está sendo dessangrada. Escolas caindo aos pedaços. Hospitais apodrecendo. Nosso povo morrendo de fome. Um grande esforço deve ser feito, neste momento, em prol da unidade e da salvação nacional. É hora de unir, não de desunir. Vamos nos unir, todos nós, cidadãos comuns da nossa terra, que estivemos até agora observando a História. Vamos, nós mesmos, fazer a nossa História. Vamos unir, portanto, rua com rua, bairro com bairro, cidade com cidade, estado com estado, todos falando a mesma língua, a língua de uma grande nação, próspera e rica, que será a maior nação do mundo no século XXI. É preciso mudar toda a concepção política atual, a fim de que se possa revigorar, fortalecer, engrandecer e salvar nossa Pátria.”
(Enéas Ferreira Carneiro)

O investimento na deturpação da Educação foi estratégico, afinal o conhecimento empírico, ou melhor vivenciado, é por conta da bandidagem, do lado de fora eles tomaram conta, todavia a porção teórica é na escola.
Sim! Na Escola.

Teorias libertárias e libertadoras que possuem fundamento, mas que as mentes malignas estão transformando em instrumentos para fazer valer as ideologias que estão sendo implantadas pelo crime organizado, o discente leva o vício, o mau costume e os conceitos oriundos do presídio para dentro da escola e tudo isso passa ser recepcionado como conhecimento e valores que não podem ser contestados pelos docentes.

Estão sendo distorcidas a opinião e a democracia em favor de libertinagem e da ilicitude.

No meio do crime organizado são muito citadas as palavras paz, justiça e liberdade, mas você já parou para pensar qual o contexto? Qual a origem?

Chegamos no momento de transformar! Estamos sendo enganados, bandidos impondo ideologias para roubar nosso país, homens e mulheres com títulos acadêmicos prestam assistência jurídica e aplicam o que podemos chamar de “estelionato intelectual” e aos políticos cabem a promoção das leis, as mudanças que irão facilitar a entrega do Brasil para o crime organizado.

Quem é o crime organizado? Onde ele está!?
Infelizmente está em todos os lugares, na política, na escola, na polícia e até corrompendo as Ciências Humanas.
Precisamos ser resistência! Diga não a dominação carismática.

A justiça não consiste em ser neutro entre o certo e o errado, mas em descobrir o certo e sustentá-lo, onde quer que ele se encontre, contra o errado.
Theodore Roosevelt

Ao navegar você concorda que use cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site. AceitarLeia mais