Moradores do Bairro Campos Eliseos e Bom Retiro manifestam contra as ações do Ministério Público

0 280

A Justiça é cega mas sua lâmina é afiada. O conceito da justiça baseia-se na legalidade e equidade. A escultura da Justiça é representada por uma mulher sentada de olhos vendados representando a imparcialidade da Justiça e a espada simboliza a força.

Para organizar e disciplinar o comportamento humano somos limitados por regras que disciplinam nossas ações através dos direitos e deveres que garantem a sustentação da democracia através da isonomia, portanto é de suma importância que as leis sejam cumpridas, e a existência de instituições fiscalizadoras como o Ministério Público para defender e fazer valer a supremacia do interesse público.

Será mesmo que o Ministério Público está apoiando os direitos com foco ao interesses coletivos? Algo muito questionável quando o assunto diz respeito as ações na região conhecida Cracolândia.

As ações do Ministério Público são muito subjetivas, tendenciosas, beneficiam apenas os usuários de drogas e os traficantes. Foi o que restou evidenciado na Ação Civil Pública para restringir a atuação da GCM na região. A ação, claramente, beneficia o crime organizado, é fato incontroverso conforme pode ser observado na petição inicial da Ação Civil que o Ministério Público instaurou contra a Guarda (página 12).

Inibir as ações e abordagens da GCM na região com certeza terá impacto negativo nos bairros centrais e irá fortalecer o crime organizado na região, motivo pelo qual os moradores dos Bairros Campos Elíseos e Bom Retiro fizeram um abaixo assinado (manifesto) em desfavor da ação civil que não representa o interesse da coletividade. Abaixo um trecho do Manifesto:

A Promotoria de Direitos Humanos ajuizou uma Ação Civil Pública que tem, em síntese, o objetivo de fazer cessar o trabalho GCM perante as imoralidades praticadas na região. Tráfico de Drogas, roubos, furtos, frequentadores do fluxo urinando e defecando nas ruas, além da perturbação do sossego público e uma série de libertinagens são as práticas mais comuns que os moradores são obrigados a tolerar.

…Quem vive a realidade é que pode narrar os fatos e não pessoas que, embasadas em filmagens realizadas em prédios distantes, discutem o assunto tendo como bandeira “A legalização da drogas” e a “A política do não encarceramento”. Os moradores precisam da segurança em saber que temos guardas civis próximos as nossas portas, agentes que abordam aqueles que ficam inseridos dentro do fluxo, que intimidam moradores, fazem barulho durante a madrugada, os moradores precisam da Guarda Civil como ela sempre esteve e, se possível, com um efetivo ainda maior!

No dia 16/07/2021 o documento com as assinaturas foi entregue ao Comando da Guarda Civil Metropolitana e protocolado pela GCM Rosa Maria da Silva Correia. O manifesto de quase 100 páginas com assinaturas deixa evidenciado que há o apoio da população em relação as ações da GCM e demonstra que a ação civil proposta pelo MP não representa a voz do povo e, por consequência é uma afronta ao princípio da moralidade.

Em nenhum momento foram analisados os possíveis danos que a ação pode gerar para os moradores dos bairros próximos ao centro de São Paulo. A Cracolândia é um problema social mas também é um problema da segurança pública, lá estão concentrados pequenos e grandes traficantes, vândalos, assaltantes e assassinos. Cumpre ressaltar que os moradores do Bairro do Bom Retiro também fizeram um manifesto digital que atualmente ultrapassa 2500 assinaturas e quem puder assinar contribuindo para a causa, clique aqui e assine.

Sobretudo, há outras formas de contribuir para a causa, é possível que qualquer cidadão fique a disposição para prestar depoimento a favor da necessidade da permanência da Guarda Civil na região.

A testemunha ocular do que ocorre na região da Cracolândia e a favor das ações da GCM que deseja depor a favor da Guarda Civil envie e-mail para gcmatcjuridico@prefeitura.sp.gov.br. Não esqueça de descrever os motivos pelo qual deseja depor a favor e acrescente dados essenciais para o contato.

O AJUDA SP CENTRO é a favor da justiça. Não é justo que os retos paguem pelos erros dos infratores.

Ao navegar você concorda que use cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site. AceitarLeia mais