Perturbação de Sossego na Região da Cracolândia

0 269

Quando diz a palavra Cracolândia, nas redes sociais, portais de notícias e redes de televisão mostram os usuários de drogas, tráfico de drogas, guerra e ataques, mas isso é uma fatia do bolo. O problema é muito maior, quando abrimos o leque e escutamos os munícipes do Campos Eliseos.

Os moradores da região sofrem com problemas diversos e em grande quantidade: mau cheiro, montes de lixo, ratos, insetos e pra agravar mais a situação a Perturbação de Sossego. A mobilização para resolver o problema por parte dos moradores é grande, procurando a Prefeitura, Ministério Público, Direitos Humanos, Vereadores, enfim o povo clama por ajuda. Com tantos pedidos e gritos de socorro, a vida destes munícipes se agrava com tão baixa qualidade de vida causada por noites em claro e mau cheiro.
É uma guerra sem armas, onde não há ataques diretos por parte desses moradores de rua, mas é uma guerra onde o ataque e o despejo de lixo são feitos em locais estratégicos para incomodar os moradores da região ou perturbando a noite com o famoso pancadão.
Os moradores dos condomínios construidos pela PPP Habitacional, prestadora de serviços terceirizada contratada pela Secretaria da Habitação e o Governo do Estado de São Paulo, cruza os braços perante os problemas e queixas dos moradores.

No video gravado por um morador dos novos condomínios, percebe-se o som perturbador, infelizmente algo comum nessa região.

Abertura de protocolos no PSIU e Boletins de Ocorrência são frequentes e não há medidas efetivas nessa região para solucionar e conceder a tão desejada paz.
Os moradores não podem assistir sua Televisão em paz ou curti os seus momentos de lazer, o que é impossível com todas essas perturbações de sossego, seguido por inúmeros outros problemas na região do Campos Eliseos.
É perceptível a ausência do poder público, um descaso total. A lei deveria ser para todos, não visando apenas olhar um lado da moeda, mas sim olhar a todos e fazer a lei ser executada, não importando se é rico, pobre ou morador de rua, lei é lei.

Onde está o Ministério Público exercendo sua força e pressão para resolver tais problemas que afetam e muito a vida dos munícipes da região? Onde está os Direitos Humanos, que não enxerga esses moradores? Por acaso os Direitos Humanos escolhe lados? A lei ela deve ser aplicada, com força para que a impunidade não torne-se um hábito, muito perceptível aos olhos dos moradores no bairro Campos Eliseos. Alguns moradores já desistiram e abandonaram seus apartamentos devido ao estresse causado, afinal o sonho da casa própria tornou-se um pesadelo sem fim.

O AjudaSP Centro deseja o melhor para todos, não discriminando dependentes químicos ou moradores de rua. Mas para termos uma cidade respeitável e melhor pra viver, é necessário que atenda e conceda qualidade de vida para tais munícipes. Vamos lutar por uma São Paulo melhor, sem perturbação de sossego.

Ao navegar você concorda que use cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site. AceitarLeia mais